pet

Quer adotar um cachorro, mas não sabe se está realmente preparado?

30 de maio, 2016

Você é daquelas apaixonadas por animais e que ainda não tem um? Ou é daqueles que estão loucos pra adotar e ainda não se decidiu? Acredite, você está no lugar certo!
Ter um animalzinho de estimação é muito bom, muda todo o clima da casa e o modo de viver. Porém é muito importante se atentar que ter um cachorrinho em casa dá trabalho, você vai precisar ter muita paciência e amor com um serzinho que chegou pra mudar tudo! Decidimos então destacar alguns pontos para você considerar antes de tomar sua decisão. Vamos lá?

 

1. A sua família está de acordo com a decisão?

Reprodução familia.com.br

 É muito importante que a sua família esteja de acordo com a sua escolha. Você não será o único que terá que conviver com o bichinho. Já pensou chegar com um cachorrinho em casa e descobrir que aquele seu irmão caladão tem alergia? Ou então a sua mãe não gostar de animal e te fazer devolver? Ou pior! Seu marido não suporta de jeito nenhum que o animal dê latidos? Por isso, antes de adotar, entre em um consenso com a sua família.

Ok, a família concordou e está esperando pelo cãozinho. E agora?

 

2. Carinho não é tudo, animal traz gastos.

Animal nenhum sobrevive só com carinho, sinto em dizer. Nem a gente sobrevive, não é mesmo?

Um cachorro precisa de alimentos, brinquedos, cuidados com a higiene com a saude entre vários outros supérfluos que possam surgir. Quando você adquire um cachorro o seu primeiro gasto já vai ser com as vacinas. Nos primeiros quatro meses de vida você gastará em torno de R$ 200,00 por mês. Depois isso muda pra anual. Ele precisa se alimentar. Isso significa que você terá que comprar ração. Gastará com brinquedos, pois é importante que ele tenha algo para se distrair e não comer o seu chinelo por exemplo. A sua conta de água e energia virá mais cara por conta dos banhos semanais do novo integrante da família ou então você gastará uma certa quantia para levá-lo ao petshop. Vai ter que comprar shampoo para manter o pêlo bonito, uma cama para ele não dormir no frio e uma coleira também.

Cabe no orçamento? Ok! Vamos para o próximo.

 

3. Você tem tempo para cuidar e amar?

Produção Vida Fascinante

 Ter animal de estimação também necessita de tempo. Eles precisam de nossa atenção, amor, carinho e é claro banhar, comer e ir passear.

 Se questione da seguinte forma:

 - Vou ter tempo para brincar com ele? Para banha-lo ou levá-lo ao pet shop? Para alimenta-lo? Pentear? E para levá-lo para dá uma volta na Praça?

 Tudo certo. Tenho condições e tempo. Agora ...

 

4. Escolher a forma de adoção 

Produção Vida Fascinante

Todos nós estamos carecas de saber que você pode ir em uma ONG e adotar um animal sem raça definida ou então comprar da raça que deseja.

Isso vai do querer e da escolha de cada um e julgar o outro não nos torna melhores ok?

Então caso você queira adotar em um canil e livrar mais um bichinho daquela vida vazia Ok. E caso você queira comprar a raça que tanto sonhou, ok também. Porém, após fazer sua escolha não se esqueça de conhecer o local e prestar atenção no contrato para não acabar correndo nenhum risco.

 

5. Conheça a Raça do animal

É muito importante conhecer a raça do cãozinho que você tanto quer. Você precisa saber quais são os problemas de saúde que ele corre mais risco de ter, quais cuidados deve ter, o temperamento do animal e se ele combina com você.

A Internet e o tio Google está ai, aproveite e desfrute dele.

 

6. Defina um espaço para ele 

Antes da chegada você deverá decidir onde ele vai ficar. Separar um espaço para as necessidades fisiológicas e um pouquinho mais distante, porém no mesmo cômodo, colocar água, ração e a caminha.

Colocar o animal em um local separado vai servir para orientá-lo que lá e o seu espaço e que ele deve fazer suas necessidades somente lá. (Lembrando que jogar o cachorro na garagem ou quintal não pode viu? O animalzinho pode adoecer ao ficar exposto ao frio! Aconselhamos deixá-lo na lavanderia, cozinha ou num canto especifico da casa, cercado por uns dias para poder se adaptar.)

Só não se esqueça de sempre ir brincar com ele e não deixar ele sozinho por muito tempo.

Agora que você já sabe por onde começar, conte pra gente se você decidiu adotar e se já adotou nos mande uma foto. Vamos adorar conhecer o seu bichinho!!!



Nathália Santos

Universitária sonhadora e feliz. Ama chocolate, animais (principalmente aqueles cachorrinhos fofinhos que dá vontade de apertar e levar pra casa),  livros, séries, filmes e de tudo um pouco. A vida é fascinante e aqui vamos mostrar a nossa visão de tudo que amamos, curtimos e gostamos.


Comentários

Quem Sou

Nathália Santos

Universitária sonhadora e feliz. Ama chocolate, animais (principalmente aqueles cachorrinhos fofinhos que dá vontade de apertar e levar pra casa),  livros, séries, filmes e de tudo um pouco. A vida é fascinante e aqui vamos mostrar a nossa visão de tudo que amamos, curtimos e gostamos.

Facebook

Anuncios

Siga nos no Instagram